LEC briga para não cair em 2017

Apesar do otimismo dos torcedores, o Londrina Esporte Clube não convence no início do certame e vai lutar para se manter na Série B

Reportagem: Raimundo Nogueira, 4º ano matutino
Edição: Alanis Brito, 4º ano matutino

MATraimundoimagem1
Torcedores do LEC no Estádio do Café, em Londrina. fotografia: Raimundo Nogueira.

Após cinco rodadas do campeonato, o Londrina Esporte Clube (LEC) conseguiu apenas cinco pontos, com uma vitória, dois empates e duas derrotas. O fraco desempenho deixa o clube na incômoda 16ª. posição na tabela, uma acima da zona de rebaixamento para a Série C.

A fragilidade da equipe voltou a aparecer na partida frente ao Paraná Clube. O time de Curitiba abriu a contagem aos 33 minutos do primeiro tempo, com Gabriel Dias. Quando a vitória paranista parecia inevitável, Arthur conseguiu o empate, já nos acréscimos do segundo tempo.

A torcida saiu preocupada com o que viu: um time frágil na defesa, com pouca criatividade no meio de campo e um ataque pouco efetivo, mas o verdadeiro torcedor não perde a esperança. A reportagem conversou com alguns presentes no Estádio do Café.

Antes do jogo, o clima era de otimismo. Na saída, porém, o que se viu foi um misto de alívio pelo empate obtido “na bacia das almas” e a insatisfação com o futebol apresentado pelo LEC no campeonato da Segunda Divisão.

MATraimundoimagem2
Adalberto Basseto, 81, aposentado.

 

MATraimundoimagem3
Fábio Santos, 32, operador de máquinas.

 

MATraimundoimagem4
Doreá Pessegueiro, o “Dodô”34, encarregado de salão. 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s