Projeto debate obras literárias do vestibular da UEL

Texto, foto e áudio: Estela Maria

 

Desde de março de 2017, a Biblioteca Pública Municipal de Londrina Pedro Viriato Parigot de Souza disponibiliza à comunidade o projeto Literatura na Biblioteca, que tem o objetivo de explicar as obras literárias do vestibular da UEL (Universidade Estadual de Londrina). O projeto é uma parceria da biblioteca pública com a pós-graduação de letras da UEL.

O projeto foi idealizado pela diretora de bibliotecas da Secretaria Municipal da Cultura, Leda Maria Araújo, que também foi a responsável por promover o contato com o professor da pós-graduação Frederico Fernandes. São os professores, mestrandos e doutorandos da pós-graduação que conduzem as palestras.

Segundo o coordenador de atendimento, programação e extensão da biblioteca, Guilherme Yung Wing Li, acontecem 20 encontros durante o ano que abordam todos os dez livros que caem nas provas do vestibular da UEL. Cada livro é explicado em duas aulas, sendo que na primeira acontece uma exposição da obra e na segunda um debate entre o palestrante e os vestibulandos. “No total do ano passado, cerca de 800 pessoas participaram das palestras e debates. O projeto foi muito bem aceito pela comunidade. Também tivemos um aumento de jovens e adolescentes que frequentam a biblioteca para empréstimo de livros”, diz.

 

[FOTO - LEGENDA Com sala cheia, Biblioteca Pública recebe interessados em discutir a obra Quarenta Dias, de Maria Valéria Rezende. Estela Maria.]

Com sala cheia, a Biblioteca Pública recebe interessados em discutir a obra “Quarenta Dias”, de Maria Valéria Rezende

 

Heloísa Almeida irá prestar vestibular para psicologia pela primeira vez e começou a acompanhar as palestras a partir do quarto encontro deste ano. “Alguns livros têm uma linguagem difícil e com as palestras fica mais fácil de entender. Ouvir uma pessoa que sabe do assunto é completamente diferente do que uma pessoa leiga que leu o livro pela primeira vez. Agora vejo os livros com outro olhar”, comenta.

O penúltimo livro foi debatido pela professora de letras da UEL Telma Maciel da Silva, que explicou a obra “Quarenta Dias”, de Maria Valéria Rezende. De acordo com Telma, algumas palestras tiveram a participação de mais de 80 pessoas, o que demonstra a avaliação positiva dos que irão prestar vestibular. “Esse projeto mostra a importância da leitura e que ela vai além da cobrança do vestibular. Participar desse momento da vida deles é o que nos move”, afirma.

 

 

O projeto já está na sua reta final este ano. “A Hora da Estrela”, de Clarice Lispector, é o último livro a ser explicado no encontro que irá acontecer no dia 15 de outubro. A biblioteca fica na Avenida Rio de Janeiro, 413, no centro de Londrina, e os encontros acontecem a partir das 18h30.

 

LEIA MAIS

A vida em república: morando barato no centro de Londrina

Vestibulandos apontam dificuldades para ingressar na universidade

Vestibular da UEL e o sonho de quem busca ingressar na universidade

Voltar à universidade depois dos 40: a realização de um sonho

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s