Projeto leva sétima arte a diversas regiões de Londrina

Texto e áudios: Raquel Pimentel

 

O Cine Cequinha realizou no fim de outubro mais uma sessão de cinema gratuita e aberta a toda a comunidade. A exibição do drama nacional “O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias” reuniu crianças e adolescentes de toda a zona norte de Londrina. A mostra aconteceu na vila cultural Flapt!, localizada no Conjunto Habitacional Luiz de Sá.

A atividade integra a série de exibições realizadas pelo cineclube fora do Centro de Educação, Comunicação e Artes (Ceca), o “Cine Fora do Cequinha”. A proposta é levar o projeto para além da Universidade Estadual de Londrina (UEL), atingindo outros públicos e possibilitando a mais pessoas o acesso ao cinema e à cultura. Segundo uma das organizadoras do Cine Cequinha, Renata Landgraf, sempre que há oportunidade as sessões acontecem fora da universidade.

 

 

FOTO 1

Nas sessões ao ar livre, há quem leve travesseiros e cobertores para assistir aos filmes com mais comodidade (Crédito: Divulgação)

 

Fundado em 2013, o Cine Cequinha é um cineclube que oferece semanalmente sessões de cinema gratuitas na UEL e em outros espaços culturais do município. Além da exibição do filme, o encontro envolve posteriormente os presentes em um debate sobre o enredo da trama. A proposta é levantar questões sobre a obra, conversar sobre como a história retratada afeta a vida das pessoas e tentar estabelecer relações com a vida de cada um.

Segundo Renata, o objetivo dos encontros é oferecer um espaço de conversa em que os participantes possam expor seus pontos de vista e trocar conhecimentos.

 

 

FOTO 2

Exibição dos filmes sempre é seguida por uma roda de conversa (Crédito: Divulgação)

 

Foi o que aconteceru na Flapt!. “O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias” conta a história de Mauro, um garoto mineiro de 12 anos que adora futebol e jogo de botão. A vida do menino muda completamente quando, em 1970, seus pais saem de férias de forma inesperada e sem motivo aparente, deixando a criança aos cuidados do avô. O drama revela em seguida que, na verdade, o pai e a mãe foram obrigados a fugir da perseguição política.

Segundo o presidente da Flapt!, Douglas Pinheiro, a iniciativa do Cine Cequinha é muito interessante pois leva o debate político a diversas regiões de Londrina e propõe abordagens voltadas a diferentes públicos. Antes da sessão na vila cultural, a expectativa era grande.

 

 

As datas e locais das próximas sessões podem ser consultadas no Facebook e Instagram do Cine Cequinha.

 

LEIA MAIS

Terror nacional ganha força com nova geração de cineastas

Músicos londrinenses a caminho do sucesso

Londrina na tela grande: produção local de cinema se destaca

Flapt! reconhece importância da cultura local

Batalha da Independência fortalece rap e hip hop em Rolândia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s