Conheça comidas que previnem doenças crônicas

Texto, foto e áudio: Heloisa Keiko

 

A falta de tempo, a comodidade e o preço são alguns dos fatores que mais levam as pessoas a terem uma má alimentação nos dias de hoje. De acordo com uma pesquisa divulgada em 2015 pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 56,9% da população brasileira tem excesso de peso – índice diretamente relacionado à alimentação.

Segundo a nutricionista Lie Lopes, a circunferência da cintura é o principal indicativo da gordura corporal, e pode ser um reflexo de risco para doenças cardiovasculares, por exemplo. Para Lie, a melhor forma de prevenir esses e outros problemas de saúde é melhorando a alimentação.

 

 

A nutricionista também ressalta a importância de uma alimentação rica em nutrientes para portadores de doenças crônicas, como o diabetes. “O consumo de grãos integrais, que são menos processados que os refinados e, por isso, possuem mais fibras, vitaminas e minerais, ajuda muito no controle da glicemia, por exemplo.” José Antonio André, 53 anos, é diabético tipo 1 desde os 20. Ao ter complicações com o funcionamento da insulina, obtendo índices glicêmicos oscilantes, decidiu mudar a alimentação com o auxílio de uma nutricionista. “Além de melhorar a glicemia, meu colesterol ruim diminuiu. E também me sinto muito mais disposto.”

Lie comenta a importância de outros alimentos para a prevenção de doenças, como o consumo de carnes brancas, especialmente o peixe – fonte de ômega 3, que possui ação anti-inflamatória, reduz o colesterol ruim e fortalece os ossos. Segundo ela, tomar água é essencial para uma vida saudável: “Não pode ser substituída por suco, chá, e muito menos refrigerante. A água é muito importante para manter a temperatura corporal, eliminar toxinas e regular o funcionamento dos rins”. A nutricionista explica que uma pessoa deve tomar 35 ml de água para cada quilo do corpo por dia.

 

Foto 1

Grãos integrais, frutas, verduras e legumes são aliados para uma dieta saudável e nutritiva

 

A OMS (Organização Mundial da Saúde) define como meta a ingestão de pelo menos 400 g por dia de frutas, verduras e legumes. Segundo Lie, esses alimentos previnem doenças crônicas não transmissíveis, como câncer, obesidade e diabetes tipo 2. “O baixo consumo desses alimentos está entre os dez principais fatores de risco dessas doenças.” A dica da nutricionista é fazer compras em feiras e sacolões que possuem maior variedade de alimentos naturais. “Com mais opções disponíveis, somos induzidos a comprar mais. Por isso, é sempre bom frequentar estabelecimentos que tenham mais frutas, verduras e legumes do que produtos industrializados.”

 

LEIA MAIS

20 minutos de exercícios podem ajudar a prevenir doenças

Cuidar da saúde da pele é também cuidar da saúde mental

Morango também é rango; confira receita!

Os perigos de remédios e procedimentos para emagrecer

Um terço das mortes no mundo é causada por doenças cardiovasculares

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s