Meditação: um encontro entre o corpo e a mente

Texto, foto e áudios: Bruna Corchelli

 

Cada vez mais se ouve falar da meditação como método natural de controle emocional. Dedicar dez minutos do dia à atividade pode melhorar a concentração, ajudar na redução de ansiedade e estresse, além de proporcionar um momento de relaxamento e de bem-estar ao praticante.

Mônica Kaseker, praticante há mais de cinco anos, conduz um grupo semanal de meditação na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Ela conta que a iniciativa é do Serviço de Bem Estar à Comunidade (Sebec), com o objetivo de proporcionar um momento voltado à saúde mental da comunidade interna da UEL.

 

FOTO 1

O grupo de meditação no campus se encontra toda quinta-feira, a partir das 17h40, no Sebec

 

Ela explica que a meditação auxilia na estabilidade emocional, por diminuir a propensão ao sofrimento causado pelo estresse e pela ansiedade. Também ressalta que, apesar do grupo ser semanal, o ideal é praticar pelo menos dez minutos todos os dias.

Dentre os benefícios da atividade, ela aponta o controle da respiração como essencial.

 

 

Gabriele de Oliveira, estudante de serviço social, conta que, desde que começou a frequentar o grupo, percebeu uma melhora na ansiedade. Para ela, a oferta da meditação no campus é um estímulo para o desenvolvimento do hábito. “A capacidade de meditar está dentro de todos, basta exercitar e insistir para desenvolvê-lo com a calma necessária”, relata.

A estudante ainda comenta que há momentos que sente dificuldades em esvaziar o pensamento para a meditação, mas mesmo assim continua praticando todos os dias antes de dormir. Mônica explica que é normal se distrair durante a atividade, e que a meditação é uma busca constante pelo estado do nirvana, um conceito budista referente à meta máxima de paz e tranquilidade alcançada pela prática.

 

 

Para Mônica, a busca do silêncio interno é um hábito necessário. “Meditar tem como resultado natural um equilíbrio de energias que relaxa e acalma a mente.”

Ela indica que o melhor horário para praticar é pela manhã, antes de iniciar a rotina diária, em algum lugar confortável e silencioso que proporcione um momento individual de encontro com si mesmo. Também convida alunos, servidores e docentes da universidade a participarem do grupo de meditação, que acontece toda quinta-feira, das 17h40 às 18h40, no Sebec, localizado em frente à Biblioteca Central do campus.

 

LEIA MAIS

Praticantes de meditação buscam melhorar atenção e equilíbrio mental

Cuidar da saúde da pele é também cuidar da saúde mental

Ansiedade: conheça as causas, os sintomas e as formas de controlá-la

Atividade física é fator importante para vida saudável na terceira idade

Conheça comidas que previnem doenças crônicas

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s