Combate à cárie se faz com escovação regular e alimentação sem açúcar

Texto, foto e áudios: Matheus Zampieri

 

Escova de Dentes

Escovando os dentes ao menos três vezes por dia, pode-se prevenir doenças como a cárie dental

 

As doenças bucais são um problema que assola a vida de milhões de brasileiros, especialmente crianças. De acordo com dados do Ministério da Saúde, mais de 40% das crianças brasileiras de até 12 anos de idade já sofreram ou ainda sofrem com a cárie dental.

A dentista londrinense Eliane Aparecida, de 47 anos, que trabalha no posto de saúde da Vila Fraternidade, explicou sobre os principais motivos que levam as pessoas a ter cáries. “A cárie dental é uma doença que atinge milhões de pessoas no mundo inteiro. Mas, a cárie tem uma particularidade. Apesar de ser uma doença, ela pode ser muito facilmente prevenida. As pessoas podem praticamente optar entre ter ou não cárie, entre seus filhos terem ou não cárie. Porque a cárie tem alguns componentes que não dependem somente do indivíduo possuir a bactéria que causa a cárie. Além de ter essa bactéria, a pessoa vai precisar ter alguns outros fatores, principalmente a questão da alimentação e a questão da higienização bucal. Pois, para se chegar ao resultado da cárie, é preciso somar esses dois fatores.”

Eliane explicou que o excesso de açúcar é um dos fatores que mais podem contribuir para o desenvolvimento da cárie.

 

 

Eliane ainda comentou sobre as técnicas mais eficientes de escovação de dentes para prevenir doenças como a cárie dental.

 

 

A estudante de medicina da UEL (Universidade Estadual de Londrina) Ana Clara Nazima revelou que teve cárie na infância por causa de falta de escovação e má alimentação. “Tive cárie quando tinha oito ou nove anos. Quando criança, era muito desleixada. Adorava comer, principalmente doces, sorvetes, chocolate e bolo, e não escovava os dentes direito. Minha mãe não pegava muito no meu pé, então eu escovava com menos frequência do que deveria. Aí, acabei tendo cárie. Então, tive que ir ao dentista para tratar. Depois desse episódio, melhorei bastante a minha escovação. Passei a escovar os dentes pelo menos três vezes por dia e a comer bem menos doces do que costumava comer. Por causa dessas mudanças, praticamente não corro risco de voltar a ter cárie.”

 

LEIA MAIS

Um terço das mortes no mundo é causada por doenças cardiovasculares

Tiro com arco melhora postura, estresse e até autoestima

Método Pilates é opção para tratar problemas posturais

Os perigos de remédios e procedimentos para emagrecer

O dia a dia de quem convive com a fibromialgia

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s