Ciclismo é alternativa de transporte e de emprego

Texto e áudios: Pamella Basseti

 

arquvo facebook - luci lima

Luci e seu esposo em passeio de bike durante o final de semana (Crédito: arquivo pessoal)

 

As primeiras bikes surgiram há cerca de 200 anos. De lá pra cá, a engenhoca passou por vários momentos diferentes. Inicialmente, ainda na década de 1920, foi explorada como meio de transporte. Depois, com o surgimento dos carros, passou a ser explorada comercialmente como um brinquedo para o público infantil. A invenção também passou a ser vista como prática esportiva, explorada em diversas modalidades. Entre elas o ciclismo de estrada, o ciclismo de pista, o mountain bike e o bicicross. Além disso, o ciclismo também é componente fundamental de outro esporte: o triátlon, que une natação, ciclismo e corrida.

Com o avanço das cidades, a dificuldade de locomoção, a necessidade de métodos mais sustentáveis de transporte e a percepção de se ter hábitos menos sedentários, o ciclismo voltou a ser “modinha” e passou a ser praticado das mais variadas formas, trazendo diferentes maneiras de vivências em torno dos que praticam o esporte.

Luci Lima, 38 anos, auxiliar de serviços gerais, conta que o marido se interessou pelo esporte e começou a incentivá-la para a prática. Desde então os dois praticam de duas a três vezes por semana pequenos trajetos urbanos e aos finais de semana fazem pequenas viagens. Eles fazem parte de um grupo de pedal que, além de contribuir com a saúde física e mental, também traz novas formas de socialização.

 

 

Além de utilizar a bike como uma prática de exercício, existem aqueles que fazem do pedal um meio de transporte. É o caso de Ana Soranso, 32 anos, educadora social, que vai todos dias para o trabalho pedalando. Ela conta que desde criança gosta muito do esporte e que, depois de adulta, começou a praticar com frequência e não parou mais. Ana é casada com Carlos Eduardo Teixeira, 38 anos, ciclista, que uniu o esporte ao trabalho quando começou a trabalhar com entregas de bike e fundou a sua própria empresa de entregas.

 

 

Segundo reportagem publicada pela Exame, pedalar auxilia no fortalecimento de grandes grupos musculares e auxilia na prevenção ao estresse, colaborando com a saúde do corpo e da mente.

 

LEIA MAIS

Paixão pelo ciclismo cresce entre londrinenses

Praticantes de meditação buscam melhorar atenção e equilíbrio mental

Nafi oferece atividades físicas com preços acessíveis

Método Pilates é opção para tratar problemas posturais

Os perigos de remédios e procedimentos para emagrecer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s