Pequenos cuidados com a saúde em rotinas agitadas

Texto e áudio: Daiane Araújo

 

Em teoria, todos têm uma pequena ideia do que é preciso fazer para se ter uma vida saudável: boa alimentação, no mínimo sete horas de sono e atividades físicas regulares. Porém, a realidade de muitas pessoas esbarra em um fator que dificulta a manutenção desses hábitos, que é a falta de tempo.

A parcela da população que mais sofre com isso é a dos mais jovens,  que, muitas vezes, tentam administrar uma rotina pesada com trabalho e estudos e acabam sobrecarregados, não tendo tempo para cuidar de si. Apesar de ser um empecilho, não pode ser uma desculpa quando o assunto é cuidar da saúde.

A nutricionista e educadora física Mariana Chistiano afirma que, mesmo com a correria do dia a dia, é possível se alimentar de maneira saudável. Para ela, algumas pessoas pensam que verduras e legumes cozidos perdem seus valores nutricionais se ficarem armazenados por vários dias. Porém, se forem higienizados e armazenados corretamente, podem durar até uma semana e não perdem suas propriedades nutritivas. Ainda para Mariana, preparar marmitas também é uma boa opção.

 

 

Franciele Araújo, formada em educação física, afirma que a atividade física regular não só proporciona uma melhor qualidade de vida, como também pode ser um excelente aliado no combate a várias doenças. Ela recomenda, principalmente, as atividades aeróbicas como caminhadas, corridas e ciclismo. Esta, por sua vez, é a mais indicada por Franciele. “O ciclismo ajuda muito no controle da obesidade e do sobrepeso, que hoje em dia é uma das situações mais preocupantes em relação à saúde da população, no Brasil e no mundo”, afirma.

Para a educadora física, atividades simples, como caminhada ou ciclismo, são bastante eficazes na prevenção de doenças mais graves. “Algumas pesquisas já comprovaram que esses exercícios podem melhorar até mesmo a atividade pulmonar, pois andando de bicicleta ou a pé, você estará inalando menos gases poluentes do que andando de carro ou de ônibus, por exemplo. Então, para as pessoas que reclamam da falta de tempo para as atividades, mas o trabalho não é tão longe de casa, uma boa dica é deixar o carro na garagem e ir de bicicleta.”

 

foto franciele

Franciele Araújo: “Mesmo que as atividades sejam somente aos finais de semana, já é um diferencial no combate ao sedentarismo” (Crédito: arquivo pessoal)

 

É importante reiterar que, antes de começar qualquer atividade física de alto impacto, é fundamental consultar um médico para que esta seja feita de acordo com suas possibilidades.

 

LEIA MAIS

Alimentação vegetariana e vegana cresce no Brasil

Atividade física é fator importante para vida saudável na terceira idade

Conheça comidas que previnem doenças crônicas

Especialistas afirmam que poluição do ar é um mal silencioso

Jovens fumantes e ex-fumantes comentam experiências

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s