Bicicleta: um meio de transporte ecológico e econômico

Texto, fotos, áudios e vídeo: Júlia Marroni

 

Veículos motorizados, como carros e ônibus, são responsáveis pelo deslocamento de milhares de pessoas todos os dias. O problema é que eles liberam, diariamente, toneladas de gases para a atmosfera, poluindo o meio ambiente e agravando os buracos na camada de ozônio. Neste cenário, as bicicletas surgem como uma alternativa sustentável, econômica, saudável, socialmente inclusiva e sem limitação de horário. Para que as pessoas possam aderir a esse estilo de vida, é importante que haja ciclovias de qualidade pela cidade e leis que protejam esses ciclistas.

A primeira ciclovia foi criada em 1862, quando a prefeitura de Paris decidiu separar um espaço específico nas ruas para as bicicletas. Anos depois, em 1930, ciclovias começaram a ser construídas por toda a Europa. Desde então, grandes metrópoles adotaram as bicicletas como meio de transporte e têm tido uma resposta muito positiva, como é o caso da Irlanda que, em 1970, criou ciclovias pelo país e, como consequência direta, reduziu em 50% o número de acidentes envolvendo ciclistas.

Em Londrina, grande parte da população ainda opta por veículos motorizados na hora de se locomover, mas o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul) já trabalha para mudar esta realidade. A gerente de Projetos de Sinalização Viária e Controle de Tráfego do Ippul, Cristiane Biazzono, defende a importância de ouvir a população na hora de planejar as ciclovias da cidade.

 

 

Conheça algumas das ciclovias e ciclofaixas citadas por Cristiane.

 

 

Cristiane conta qual foi a primeira ciclovia construída em Londrina e quais são os planos de ampliação.

 

 

Chama-se ciclovia a área destinada à bicicleta que é totalmente separada e independente do tráfego de veículos motorizados. Já na ciclofaixa, o trânsito é integrado, mas há uma faixa, um separador, entre eles. Ainda sobre o espaço direcionado às bicicletas, existe o tráfego compartilhado: quando automóveis e bicicletas circulam livremente entre as faixas.

Lucimara Alves Garcia reside em Londrina e, há alguns anos, comprou uma bicicleta para se locomover pela cidade. Segundo Lucimara, ela acabou gostando tanto de pedalar que não usa a bicicleta apenas para passear. Agora, ela faz parte de um grupo de pedal londrinense.

 

 

Lucimara conta como se sente ao pedalar.

 

 

A presença de ciclistas no espaço público é um direito garantido pela Constituição Federal e pelo Código Nacional de Trânsito.

 

01 - Início da ciclovia da avenida Adhemar Pereira de Barros

Início da ciclovia da avenida Adhemar Pereira de Barros

 

02 - Capacete de proteção para ciclismo

Capacete de proteção para ciclismo

 

03 - Sinalização horizontal nas ciclovias de Londrina

Sinalização horizontal nas ciclovias de Londrina

 

LEIA MAIS

Londrina registra seis mortes por dengue neste ano

Projeto de revitalização do centro visa diminuir número de pombos

Wilson Silva: conheça sua vida de alegria, superação e trabalho árduo

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s